Pai de garoto morto por cães deve ser indenizado

Aryovaldo Ferenzini da Silveira, dono dos três pastores alemães que mataram uma criança de 9 anos em Volta Redonda (RJ) em 2009, terá de pagar R$ 50 mil ao pai da vítima, segundo decisão da 13.ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio. O menino foi atacado dentro da residência de Aryovaldo. Geraldo Barbosa da Silva alegou que o filho entrou na propriedade porque os portões estavam abertos. Para o desembargador Agostinho Teixeira, quem tem cães ferozes deve evitar o contato dos animais com terceiros.

O Estado de S.Paulo

28 Outubro 2011 | 03h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.