Pai de bebê que morreu após ser baleado em Osasco tem alta

Criança foi atingida na cabeça e ficou internada por 2 dias, mas não resistiu; homem deve retornar ao hospital

Priscila Trindade, da Central de Notícias,

02 de outubro de 2009 | 17h26

O pai do bebê de 1 ano e 2 meses que morreu após ser baleado numa tentativa de assalto, em Osasco, na Grande São Paulo, recebeu alta na tarde desta sexta-feira, 2. O rapaz estava internado no Hospital Municipal Central Antônio Giglio. Apesar da alta, James Ferreira da Silva deverá voltar ao hospital no domingo, 4, para fazer exames psicológicos e médicos, segundo informou a Secretaria de Saúde de Osasco.

 

O filho de Silva foi baleado na cabeça após a tentativa de assalto no bairro Jaguaribe na última quarta-feira. O criminoso exigiu dinheiro, mas o pai desempregado afirmou que não tinha nada e correu. Silva e o filho estavam a cerca de 50 metros de casa quando foram atingidos por disparos.

 

A criança estava em coma induzido e teve a sedação suspensa desde 21 horas de quinta-feira, no Hospital Regional de Osasco, onde estava internado. Ela morreu por volta das 9 horas desta sexta. Silva foi atingido na perna direita e na nuca. Ele levava o filho no colo, que foi atingido na cabeça.

Tudo o que sabemos sobre:
violênciabebêmorteassaltoOsasco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.