Pai atira em filho viciado em crack após ameaças

Um pai atirou no próprio filho, dependente químico, para impedir que ele cumprisse a ameaça de matar toda a família, caso não lhe dessem R$ 3 mil. O homem, de 32 anos, fugiu de uma clínica para tratamento de dependentes químicos na terça-feira e tentou entrar à força no apartamento do pai, localizado na frente da praia, na Pompeia, bairro nobre de Santos.

ZULEIDE DE BARROS , ESPECIAL PARA O ESTADO, SANTOS, O Estado de S.Paulo

17 Janeiro 2013 | 02h04

Como a família não abriu a porta, o homem quebrou o vidro da janela da cozinha, que dá para um corredor, no 5.º andar. Assustado, o pai atirou no filho e acertou sua perna. Ele foi levado para um pronto-socorro e o pai, ao 1.º Distrito Policial, onde pagou fiança de R$ 340 e foi liberado. Responderá em liberdade a processo por porte ilegal de arma.

Segundo funcionários do prédio, não foi a primeira vez que o homem apareceu no edifício fazendo ameaças. Ele já teria ameaçado empregados do condomínio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.