Padre estava proibido de pegar carro da diocese

O bispo de São José do Rio Preto, d. Paulo Mendes Peixoto, disse ontem que o padre Aparecido Donizete Bianchi fez tratamento para alcoolismo e não tinha autorização para usar o carro da diocese que bateu em um caminhão no sábado. O padre está internado em estado grave. O bispo lembrou que, em 2009, após diversos acidentes de trânsito provocados pela bebida, Bianchi perdeu o cargo de diácono e foi transferido. Por causa de seu estado de saúde, nenhuma medida canônica foi tomada ainda.

, O Estado de S.Paulo

20 de abril de 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.