Padre e 14 freiras são tomados como reféns

Conhecido pelas músicas, Antonio Maria fica sob mira de revólveres de bandidos

JOÃO CARLOS DE FARIA, ESPECIAL PARA O ESTADO, TAUBATÉ, O Estado de S.Paulo

27 de janeiro de 2012 | 03h03

Bandidos armados e encapuzados invadiram na noite de anteontem a casa do padre Antonio Maria, conhecido por sua atuação como cantor católico. Seis homens fizeram reféns 14 freiras e o sacerdote, que mora em uma casa separada dentro do Mosteiro Ain Karim, na zona rural de Jacareí, no interior de São Paulo.

Todos foram confinados em um quarto, sob a mira da arma de um dos ladrões, enquanto os outros vasculhavam os cômodos da casa em busca de um suposto cofre. Ladrões levaram uma televisão, um aparelho de DVD e um computador que estavam na sala de convivência das irmãs, além de R$ 1,1 mil.

Na expectativa de encontrar o cofre, os bandidos reviraram a casa e retiraram os quadros das paredes. Segundo o padre, eles queriam dinheiro e prometiam não molestar as vítimas. "Eles disseram que não fariam mal nenhum, mas que queriam dinheiro", contou o religioso.

O padre tentou convencer os ladrões de que não havia dinheiro na casa, como imaginavam. "Nós lutamos com dificuldade. As pessoas imaginam que eu nado em dinheiro, porque canto, porque tenho discos, vou à televisão, porque sou amigo do Roberto Carlos. Isso não quer dizer nada", afirmou.

O padre disse que foi vigiado por um dos homens, para quem prometeu rezar muito, e o convenceu a soltá-lo. No final, o ladrão foi abraçado pelo padre. "Eu o abracei e ele me abraçou. Senti que ele era um coitado", disse o religioso.

Ninguém ficou ferido. Depois de os ladrões irem embora, o padre Antonio Maria e as freiras conseguiram escapar e chamaram policiais militares, que prometeram reforçar a segurança no local. A Polícia Civil investiga o crime. Segundo a assessoria do religioso, apesar de assustado, ele manteve sua agenda e confirmou para hoje uma apresentação no Rio Grande do Norte.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.