Padrasto é preso suspeito de abusar de menina de 2 anos em SP

Criança morreu após ser internada com lesões nas costas e pernas; ferimentos indicam violência sexual

Central de Notícias,

09 Fevereiro 2010 | 19h42

Uma menina de dois anos morreu na tarde de segunda-feira, 8, no Pronto-Socorro de Itanhaém, no litoral paulista, depois de ser internada com lesões nas costas e ferimentos nas pernas.

 

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), os ferimentos apontam que a criança sofreu abuso sexual. O padrasto da menina foi preso, suspeito de abusar da enteada durante o último final de semana.

 

A polícia requisitou exame no Instituto de Criminalística (IC) para o local e exame necroscópico e toxicológico para o corpo da menina. O caso foi registrado no 3º Distrito Policial de Itanhaém.

Mais conteúdo sobre:
SPabuso sexual

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.