Pacientes que receberam órgãos de Eloá deixam o hospital

Internados na Beneficência Portuguesa, eles devem ter alta na tarde desta segunda-feira

Carolina Freitas, da Agência Estado,

03 de novembro de 2008 | 12h08

Dois pacientes que receberam órgãos de Eloá Cristina Pimentel deixam o hospital nesta segunda-feira, 3. Segundo boletim médico do Hospital Beneficência Portuguesa, onde Maria Augusta dos Anjos, de 39 anos, e um homem de 25 anos, que não teve o nome divulgado, estão internados desde o dia 20 de outubro, eles passam bem e devem receber alta nas próximas horas. Às 13 horas, os transplantados concederão entrevista coletiva no hospital, nos Jardins, região central da capital.   Veja também: Perguntas e respostas sobre o caso Eloá  Especial: 100 horas de tragédia no ABC   Mãe de Eloá diz que perdoa Lindemberg  Imagens da negociação com Lindemberg I  Imagens da negociação com Lindemberg II  Especialistas falam sobre o seqüestro no ABC Galeria de fotos com imagens do seqüestro  Todas as notícias sobre o caso Eloá       Maria Augusta, que vive em Belém e mudou-se para São Paulo à espera de um transplante, recebeu o coração de Eloá. O jovem de 25 anos, que sofria de diabete crônica e insuficiência renal, foi receptor do pâncreas e de um rim da adolescente. Foram transplantados ainda o outro rim, o pulmão e as córneas da garota.   Eloá teve morte cerebral depois de ser atingida na cabeça por um tiro disparado por Lindemberg Alves, de 22 anos, no dia 17 de outubro, no desfecho do mais longo caso de cárcere privado do Estado de São Paulo. Ele está preso na Penitenciária II de Tremembé. No dia 28, o Ministério Público Estadual denunciou Lindemberg por assassinato duplamente qualificado, duas tentativas de homicídio, cárcere privado e disparo de arma de fogo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.