Pacientes do SUS têm vagas em particulares

Em menor número, algumas clínicas particulares de São Paulo atendem convênios de saúde ou mesmo pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS).

O Estado de S.Paulo

22 de janeiro de 2012 | 03h04

Um dos pioneiros no tratamento de dependentes químicos no Brasil, o Instituto Bairral, em Itapira, dispõe de 511 leitos para a rede pública. As vagas, no entanto, são ofertadas em um prédio central, com divisão para homens e mulheres. Já os pacientes particulares são internados em prédios menores, com mensalidade de até R$ 14,5 mil.

"A proposta de tratamento se baseia em atividades que visam à reestruturação da vida do dependente, como desintoxicação, conscientização da doença, motivação para mudança de hábitos e prevenção à recaída", diz o psiquiatra Ivan Ramos de Oliveira, diretor técnico.

Os internos são divididos em grupos, definidos conforme o grau da doença. / A.F.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.