Paciente mata a facadas mulher de 80 anos em hospital universitário do Rio

Uma mulher de 80 anos foi morta a facadas na manhã de ontem por uma paciente no ambulatório do Setor de Psiquiatria do Hospital Universitário Pedro Ernesto, da Universidade do Estado do Rio (Uerj).

O Estado de S.Paulo

27 Novembro 2012 | 02h03

Thelma Balthazar havia acabado de buscar uma receita médica para o marido, que toma remédios para epilepsia. Ela se preparava para deixar o ambulatório, quando foi atacada pelas costas pela outra mulher, cujo nome não foi divulgado.

Thelma levou 12 facadas. As mulheres não se conheciam nem chegaram a conversar. Depois do ataque, a paciente foi contida por seguranças e presa. Na sua mochila, havia ainda um martelo e uma tesoura.

A paciente havia sido tratada no local entre 2009 e 2010, quando recebeu alta. Na sexta-feira, ela voltou ao ambulatório e marcou consulta para ontem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.