Adriana Pellegrino
Adriana Pellegrino

Ovelha 'sequestrada' tem pedido de resgate em Jundiaí, no interior

Os supostos sequestradores de 'Madona', como é conhecida a ovelha, pedem R$ 10 mil para devolver o animal com vida

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

03 Fevereiro 2015 | 21h06

SOROCABA - Depois de ter sua ovelha de estimação levada por desconhecidos, o criador Osvaldo Matioli, de Jundiaí, interior de São Paulo, recebeu um inusitado pedido de resgate. Os supostos sequestradores de 'Madona', como é conhecida a ovelha, pedem R$ 10 mil para devolver o animal com vida. O sumiço do ovino ocorreu na madrugada de sábado, mas só na segunda-feira (2), o criador decidiu procurar a Polícia Civil para denunciar o 'sequestro'.

'Madona' é muita conhecida no bairro em que vivia com outros animais da raça. Dócil, ela tinha a pelagem pintada com tinta, a cabeça enfeitada com óculos de sol, usava celular e até perfume. Algumas crianças chegavam a montar a ovelha, criada há seis anos pelo sitiante.

Matioli costumava passear com ela pelas ruas. De acordo com o criador, o animal foi levado à força, pois a subtração deixou marcas de suas patas no solo. O curral de madeira em que ela permanecia à noite foi arrombado. A mensagem numa folha de papel deixado pelos criminosos informava que 'Madona' estava viva e seria devolvida se Matioli pagasse o resgate. "Se tivesse os R$ 10 mil, eu pagava", disse o criador. A Polícia Civil informou que está investigando o caso.

Mais conteúdo sobre:
Jundiaí

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.