Outro incêndio atinge subestação de energia em Guarulhos

Um dia depois do fogo na Zona Oeste e em Guarulhos, mais panes deixam usuários sem luz

Marcela Spinosa, do Jornal da Tarde,

11 de abril de 2008 | 00h59

Um incêndio atingiu novamente, no final da noite desta quinta-feira, 10, a estação de distribuição da Bandeirante Energia, em Guarulhos, na Grande São Paulo. Três equipes do Corpo de Bombeiros trabalharam entre 21h15 e 23h30. Cerca de 62 mil pessoas em 20 bairros ficaram sem luz por quase três horas. Na quarta-feira, no mesmo local, um transformador pegou fogo e deixou 201 mil pessoas sem luz.     Veja também:  Incêndio em São Paulo deixa 318 mil sem energia Explosões deixam 1,4 milhão sem luz  Secretária de energia afirma que vida útil de transformador está vencida  Falha em subestação de energia deixa 2,7 milhões sem luz em SP   Na manhã desta quinta-feira, uma falha em uma subestação da Eletropaulo na Zona Oeste da Capital deixou 7.790 imóveis sem energia elétrica das 5h59 às 7h. Mais de 31 mil pessoas de Butantã, Jaguaré, Rio Pequeno e Vila Leopoldina foram afetados. O problema ocorreu um dia depois de dois incêndios em subestações terem deixado na tarde de anteontem 1,4 milhão de pessoas na Capital e Guarulhos.   Ainda na quinta-feira, uma pane impediu o funcionamento do sistema de proteção da Subestação Jaguaré, segundo informou a AES Eletropaulo. Desprotegida, a central, que funciona automaticamente, ‘entendeu’ que os quatro transformadores do local não estavam seguros e desligou a subestação, o que interrompeu o fornecimento de energia para os quatro bairros da Zona Oeste de São Paulo. A concessionária informou ainda que essa hora em que os consumidores ficaram sem energia elétrica foi o tempo que os técnicos gastaram para chegar à subestação, identificar o problema e ligar o sistema manualmente.   Enquanto a pane não era resolvida, os consumidores tiveram uma manhã atípica. Ilson Domingues, 55 anos, funcionário de um bar no Jaguaré, tomava banho quando acabou a luz. "Tive de terminar com água fria mesmo, porque abro o bar às 7h", disse.   No açougue na mesma região, o preocupação foi em salvar as carnes. "Felizmente, nada estragou, mas se demorasse um pouco mais, íamos ter prejuízo", afirmou a caixa Simone Rodrigues, de 30 anos. Segundo a CET, enquanto faltou energia, houve falhas em semáforos das avenidas Jaguaré, Politécnica e Corifeu de Azevedo Marques. O índice de lentidão às 7h foi de 27 km e às 7h30, de 76 km.   Apagão   O problema da manhã de quinta-feira lembrou as duas falhas ocorridas em subestações de energia na tarde de quarta-feira. Na primeira, uma explosão, às 15h35, em um transformador da Subestação da Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista (CTEEP), responsável pela transmissão de energia à Eletropaulo, deixou 20 bairros das zonas Norte e Oeste sem luz. A outra pane foi em Guarulhos.Os incêndios ocorreram em um intervalo de 25 minutos.   Por meio de nota, a CTEEP informou nesta quinta-feira que nos próximos dias o transformador atingido será substituído, sem causar impacto no fornecimento de energia. As causas, segundo a companhia, estão sendo analisadas pela empresa, que entregará um relatório sobre as panes para a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.