Oscar Roberto Godói passa por testes para retirada de aparelhos

Segundo boletim médico, ex-árbitro de futebol está consciente; ele foi baleado em assalto na 4ª

Solange Spigliatti, Central de Notícias

18 Fevereiro 2011 | 15h40

SÃO PAULO - O ex-árbitro de futebol e comentarista esportivo Oscar Roberto Godói, de 55 anos, passa por testes na tarde desta sexta-feira, 18, para averiguar se é possível a retirada do aparelho que auxilia a respiração, segundo informações da assessoria do Hospital das Clínicas, onde está internado.

 

Veja também:

linkPolícia divulga retrato falado de suspeito

 

Godói levou três tiros ao reagir a um assalto na noite de quarta-feira, 16, em Perdizes, na zona oeste da capital. Ele foi internado no Hospital das Clínicas e passou por uma cirurgia no pescoço, onde uma das balas estava alojada entre a veia jugular e a coluna cervical. O ex-árbitro também foi atingido por um tiro no tórax, que perfurou seu pulmão, e outro na barriga, de raspão.

 

De acordo com o boletim médico divulgado pelo hospital na manhã desta sexta-feira, ele está consciente. Seu estado de saúde ainda é grave, mas estável.

Mais conteúdo sobre:
Oscar Roberto Godói

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.