Os critérios da Controlar

INSPEÇÃO VEICULAR

O Estado de S.Paulo

09 Outubro 2012 | 03h05

Deixo clara minha total insatisfação com a Controlar, que apenas visa a arrancar dinheiro dos clientes (e não a ajudar o meio ambiente). Na primeira inspeção, o carro foi reprovado por causa de um "vazamento" de óleo (se uma gota de óleo é considerada "vazamento", o critério de avaliação é rigorosíssimo). Pois bem, em 25/9 levei, pela segunda vez, o carro para a inspeção e o motivo da reprovação foi um "vazamento de água" (fiquei sem entender) e a emissão de fumaça visível. Como o avaliador pode, a olho nu, saber se a fumacinha que sai do carro é poluente? Qual é o critério adotado? Se o carro tivesse passado pela inspeção computadorizada e ficasse comprovado que ele está fora do padrão, até entenderia, mas isso não foi feito.

JULIANA MARTINS / SÃO PAULO

A Controlar esclarece que a lei determina que o veículo rejeitado na pré-inspeção visual (caso da leitora) não segue para a inspeção computadorizada, pois isso pode causar danos ao veículo. Informa que os funcionários são treinados e têm experiência para analisar o que está errado com o veículo, seguindo sempre o que determina a lei ambiental. Diz, ainda, que não tem interesse em reprovar um veículo, já que para cada carro reprovado ou rejeitado é feita nova inspeção gratuitamente.

A leitora reclama: Em nenhum momento fui informada pelos funcionários "treinados" de que o carro não seguiria para a inspeção computadorizada pelo motivo citado na resposta. Quando eles dizem não ter interesse em reprovar um veículo porque a segunda inspeção é gratuita, pergunto: a segunda vez é gratuita, mas e a terceira? Meu carro foi reprovado duas vezes...

MOEMA

Ciclofaixa sem manutenção

A Subprefeitura Vila Mariana, responsável pelo bairro de Moema, não faz a manutenção da ciclofaixa, que é fixa em algumas ruas da região. De que adianta termos uma ciclofaixa se para trafegarmos nela temos de ter um jipe? Muitos buracos e alguns bueiros entupidos formam grandes poças na ciclofaixa, em vários trechos das Avenidas Iraí, Rouxinol e Pavão.

NATHALIA BRACATO / SÃO PAULO

A Subprefeitura Vila Mariana informa que para os próximos dias estão previstas intervenções em sarjetas danificadas nos locais apontados pela munícipe e que o serviço de manutenção do pavimento flexível (asfalto) é feito constantemente. A Supervisão Técnica de Limpeza já faz, de forma rotineira, o trabalho de limpeza em bocas de lobo da região.

A leitora reclama: Ainda não foi feita nenhuma intervenção e o asfalto não tem manutenção frequente, pois o estado de conservação é muito ruim.

SKY

Briga para cancelar serviço

Em 4/8, depois de muita insistência, efetuei o cancelamento da minha assinatura da SKY. No dia 7, porém, a mesma atendente que havia feito o cancelamento me ligou dizendo que o sinal seria fornecido até outubro sem custo. Falei que não desistiria do cancelamento e ela disse que eu não precisaria me preocupar, pois o serviço seria cancelado automaticamente. Pois bem, recebi a fatura de setembro cobrando os meses de agosto e setembro! Estou indignado! Não vou pagar por um serviço que foi cancelado.

IVAN MENDES / GUARATINGUETÁ

A SKY diz que o serviço foi cancelado e que a fatura deve ser desconsiderada.

O leitor relata: O cancelamento foi feito, mas ainda sou importunado pelo setor de cobrança. Que constrangimento!

VILA MARIANA

Podas foram feitas?

Moro na Vila Mariana e, na calçada de casa, há uma árvore enorme. A planta já ultrapassou a altura do imóvel e os galhos se emaranharam nos fios elétricos (um perigo), tapando completamente o poste de iluminação. À noite, a rua fica às escuras. Desde 2010 solicito o serviço de poda. Interessante é que no site da Prefeitura os pedidos aparecem como concluídos. Quando eles realizaram o serviço?

MARIA CRISTINA DAVILA /

SÃO PAULO

A Subprefeitura Vila Mariana informa que as solicitações de serviço feitas em 2010 e 2011 foram atendidas. Quanto ao pedido feito em 19/6/2012, informa que será atendido ainda este mês.

A leitora contesta: Mentira. Se eles tivessem efetuado a poda, a árvore não estaria tão grande. Moro no local há mais de 12 anos e creio que teria visto a execução do serviço.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.