Maria Eduarda Chagas/Estadão
Maria Eduarda Chagas/Estadão

Os contrastes de São Paulo na visão de estrangeiros

Tour a pé pelo centro da capital leva turistas a conhecer principais pontos da cidade

O Estado de S. Paulo

08 de agosto de 2015 | 10h00

"O Centro não é perfeito. Há ricos e pobres, pichações estranhas, há buracos na calçada. É o que dá o charme, torna característico", descreve a inglesa Naomi Cuthbert, de 34 anos. Naomi era um dos 36 participantes de uma visita guiada pelo Centro de São Paulo na manhã de segunda-feira, 3, chamada Free Walking Tour. 

O passeio, acompanhado por um guia que entretém o grupo em inglês, já recebeu mais de 22 mil pessoas. Apenas na turma de Naomi, havia turistas de ao menos dez nacionalidades: Brasil, Itália, França, Inglaterra, Turquia, Grécia, Porto Rico, Estados Unidos, Índia e Cingapura. Veja como foi o passeio e o que dizem os turistas:

Para paulistanos. Um passeio pelo Centro pode agradar a turistas e - por que não? - a paulistanos. Para o professor do curso de Lazer e Turismo da USP Ricardo Ricci Uvinha é fundamental que o paulistano conheça a história da sua própria cidade.

Para quem quer conhecer os locais históricos do Centro, o professor recomenda um roteiro que comece pela Catedral da Sé, considerada um dos cinco maiores templos neogóticos do mundo. "Em frente à Catedral, é importante notar o Marco Zero da cidade, um prisma hexagonal revestido de mármore em que se marca uma referência para o início da numeração das vias públicas e rodovias estaduais", afirmou. O Pateo do Collegio, o Mosteiro de São Bento, o antigo prédio do Banespa (Edifício Altino Arantes), o Theatro Municipal e o Mercado Municipal de São Paulo (Mercadão) também são destacados por Uvinha.

Quem não quer fazer o circuito sozinho pode recorrer a outras empresas que oferecem visitas guiadas pelo Centro de São Paulo, em português. De segunda a domingo, o tour Caminhos do Triângulo faz dois passeios pela região, com roteiros diferentes. O passeio custa R$ 20. A Giro in Sampa também oferece, todo último domingo do mês, das 10h30 às 13h, uma visita guiada no esquema pague quanto vale. Já a Habitat Natural Turismo promove o tour no último sábado do mês, às 10h30. A partir de setembro, o passeio será realizado todos os sábados. Uma opção diferente é a Caminhada Noturna, passeio gratuito que sai todas as quintas, às 20h, da frente Theatro Municipal de São Paulo. Em cada semana, o passeio tem uma temática diferente. Veja lugares históricos que você precisa conhecer no Centro:

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.