Órgão do Estado diz ter as licenças necessárias

Em nota, o Fundo Social afirmou ter autorizações dos conselhos do patrimônio estadual e municipal para as obras, que começaram em 3 de maio.

O Estado de S.Paulo

22 de agosto de 2012 | 03h06

"As intervenções em curso são posteriores à ação judicial, que tratava de obras completamente diferentes. As obras em andamento em edifícios sob administração do Fundo Social foram devidamente autorizadas pelo Condephaat e Conpresp", informou a Assessoria de Imprensa.

A reportagem pediu cópia das autorizações, mas nenhum material foi enviado até as 20h30 de ontem. O Ministério Público Estadual diz ter analisado todas as autorizações concedidas para as novas obras e afirma que nenhuma autorizou as intervenções na parte externa dos casarões atualmente em curso. / D.Z.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.