Organização com toque de arte }

Pintores e designers transformam embalagens práticas, como uma caixa de chá, em peças decorativas para a casa

VALÉRIA FRANÇA, O Estado de S.Paulo

09 Março 2013 | 02h08

As caixas organizadoras estão mais pops. Quando surgiram no mercado, conquistaram o consumidor pela praticidade, mas não tinham muito apelo visual. Depois, ficaram coloridas e atraentes. Agora, ganharam grife.

Artistas plásticos, estilistas e designers estão transformando essas caixas em peças decorativas de destaque. O estilista Ronaldo Fraga, por exemplo, desenvolveu estampas exclusivas para uma coleção de papelão bem resistente, à venda na Tok Stok (R$ 39,90).

Famoso pelas telas coloridas e pelos personagens lúdicos, Gustavo Rosa optou pelo acrílico para produzir dois tipos de embalagens - para guardar chá e refil de café expresso (R$ 290). Na tampa, estampas de quadros conhecidos do autor. "É um jeito de democratizar minha arte. Ela fica mais acessível. O mercado de galeria tem um público muito específico", diz Rosa. Um quadro original do artista como a Mulher Quadrada sai, em média, por R$ 30 mil. "Para ser arte, não precisa estar pendurado na parede."

Rosa fechou recentemente uma parceria com a importadora Full Fit e passou a ter algumas caixas produzidas na China. Um desses modelos já está à venda na New Tag por R$ 89,90.

Internacional. Grifes internacionais também apostam nesse nicho. Giorgio Armani lançou um modelo clássico de madeira folheada, revestida em pedra mosaico. Mais irreverente é a coleção de Tom's Drag que tem como marca registrada colocar pés com sapatos nos objetos. Bandejas, estátuas e até xícaras parecem que podem sair andando a qualquer momento. A caixa organizadora da marca é uma espécie de minigaveteiro duplo.

"Mesmo que a casa tenha sido planejada por um decorador, os objetos que são colocados depois podem realçar ou piorar o ambiente", diz a arquiteta de interiores Fernanda Negrelli. "Essas caixas dão um toque elegante e ainda organizam itens da casa que muitas vezes ficam soltos." Mas a designer de interior avisa que, antes de investir em um modelo, é importante saber o que pretende guardar, "para não ficar com uma caixa em casa só pela beleza".

ONDE: GUSTAVO ROSA: CORES DO BRASIL: AVENIDA DAS NAÇÕES UNIDAS, 4.777, LJ 17/18, (11) 3022-8527, NEW TAG: WWW.NEWTAG.COM.BR; RONALDO FRAGA: TOK & STOK: WWW.TOKSTOK.COM.BR;ARMANI CASA: ALAMEDA GABRIEL MONTEIRO DA SILVA, 786, WWW.ARMANICASA.COM; TOM'S DRAG: GRIFES&DESIGN: ALAMEDA GABRIEL MONTEIRO DA SILVA, 819

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.