Operário morre soterrado na obra de ampliação de Viracopos e MP vê falha

A falta de escoramento em uma escavação foi a causa da morte de um operário soterrado ontem de manhã nas obras de ampliação do Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP). A falha foi constatada pelo Ministério Público do Trabalho. Cleiton Nascimento Santos, de 25 anos, morreu após dar entrada no Hospital Municipal Dr. Mário Gatti. Outro operário também foi soterrado, mas sofreu apenas escoriações leves. A concessionária Aeroportos Brasil disse que apura as causas do acidente e que as obras seguem as normas e padrões de segurança.

O Estado de S.Paulo

23 Março 2013 | 02h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.