Operador de linhas de micro-ônibus é morto a tiros na zona sul de SP

Um dos homens, que estavam em uma moto, sacou uma arma de uma bolsa térmica e atirou várias vezes contra o motorista, que estava com sua esposa

Ricardo Valota, do estadão.com.br

01 Dezembro 2010 | 05h34

SÃO PAULO - Um operador de linha municipal de micro-ônibus foi assassinado a tiros, no início da madrugada desta quarta-feira, 1, quando trafegava em um Volkswagen Jetta cinza na rua Sinfonia Italiana, no Jardim São Bernardo, região do Grajaú, na zona sul de São Paulo.

Acompanhado de uma mulher, André Melo Cerqueira, de 28 anos, foi surpreendido por dois homens em uma moto. O garupa, que carregava nas costas uma bolsa térmica utilizada por entregadores de pizza, sacou um revólver e atirou várias vezes contra o motorista. Baleado no peito, o rapaz morreu quando era encaminhado ao pronto-socorro do Grajaú pela Polícia Militar. A mulher que estava ao lado de André foi atingida em um dos braços e até as 4h45 permanecia internada.

Segundo a polícia, a dupla não teria anunciado assalto, o que leva a polícia a acreditar em homicídio premeditado. A vítima, segundo os policiais, não tinha passagem pela polícia. A São Paulo Transportes (SPTrans) informou que atualmente André estava com a licença expirada, mas possui vínculo com a cooperativa Cooper PAM, ligada ao Consórcio Autho PAM.

O caso foi registrado no 85º Distrito Policial, do Jardim Mirna.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.