Operações são seguras, afirma a Aeronáutica

O chefe de Operações da Aeronáutica em São Paulo, major Carlos Alberto de Mattos Bento, descartou que o Aeroporto Campo de Marte seja inseguro por operar visualmente. O número de operações cresceu 27% e o de passageiros, 92%, entre 2004 e 2009. Bento diz que, se as operações voltassem a ser por instrumentos, a capacidade do aeroporto seria reduzida, pois os pilotos teriam de seguir a rota com mais precisão.

, O Estado de S.Paulo

22 de maio de 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.