Operação Verão em SP termina com 29 mortos por causa das chuvas

Entre os óbitos, 17 foram por deslizamento, três por raios, três por enchentes, um por desabamento e cinco por motivos não especificados

Priscila Trindade, Central de Notícias

01 de abril de 2011 | 12h52

SÃO PAULO - A Defesa Civil de São Paulo divulgou nesta sexta-feira, 1º, o relatório da Operação Verão que ocorreu do dia 1º de dezembro de 2010 até hoje. Nesse período, 29 pessoas morreram e 31 ficaram feridas em decorrência dos temporais em diversas áreas do Estado.

 

Segundo o relatório, no total, 117 municípios foram atingidos. Entre os óbitos registrados, 17 foram vítimas de deslizamento, três de raios, três de enchentes, uma de desabamento e cinco morreram por outras razões não especificadas pelo órgão.

 

O número de desabrigados chegou a 2.563 e de desalojados a 12.720. Desse número, 136 pessoas continuam impedidas de voltarem para suas casas. Durante esses quatro meses, vinte e quatro cidades decretaram situação de emergência, sete ficaram em alerta e quatro em atenção.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.