Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Operação prende suspeitos de ligação com o PCC no interior de SP

Polícia e MP cumpriram 29 mandados na região de Sorocaba; grupo é acusado de tráfico, roubos e explosões de caixas eletrônicos

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

20 Julho 2017 | 14h49

SOROCABA - Uma operação do Ministério Público e da Polícia Militar cumpriu 29 mandados de prisão contra suspeitos de integrar a facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), nesta quinta-feira, 20, na região de Sorocaba, no interior de São Paulo.

Foram cumpridos também 14 mandados de busca e apreensão em Sorocaba, Itapetininga, Salto de Pirapora, Guapiara e Pilar do Sul. A ação, coordenada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), é resultado de quatro meses de investigação e mobilizou 200 agentes, entre policiais e promotores.

Dez dos mandados de prisão foram expedidos contra presos que, do interior das penitenciárias, continuavam participando de ações criminosas.

Os suspeitos são acusados de tráfico de entorpecentes, roubos, furtos qualificados e explosões de caixas eletrônicos. A maioria ocupava postos na estrutura do PCC ou era subordinada a ela.

Os criminosos também cobravam mensalidade dos pequenos traficantes que atuavam nessas cidades. A Justiça determinou o bloqueio de 46 contas bancárias utilizadas para a movimentação do dinheiro proveniente dos crimes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.