Operação de Olho na Bomba encontra combustível alterado em postos do ABC Paulista

Postos terão suas inscrições cassadas; operação já flagrou 929 postos em SP

Gheisa Lessa,

18 Abril 2012 | 15h23

São Paulo, 18 - A Secretaria da Fazenda do governo de São Paulo vai cassar, a partir desta quarta-feira, 18, a inscrição estadual de dois postos do ABC Paulista. De acordo com a pasta, a amostra de combustível coletada no início de 2011 foi analisada e afirmada como adulterada nesta quarta.

Por meio da operação De Olho na Bomba, a Secretaria da Fazenda identificou combustível adulterado nos postos Caminho de Santiago Ltda., localizado na Avenida Pereira Barreto, em Santo André e Auto Posto GS Ltda., situado na Av. Barão de Mauá, em Mauá.

Conforme informações da secretaria, agentes fiscais seguem um calendário de coletas e, nestes casos, a coleta aconteceu respectivamente no dia 9 de janeiro e 21 de fevereiro de 2011. A Secretaria da Fazenda afirma que o procedimento consiste em coletar o material, enviar para análise e há um período dedicado à defesa dos estabelecimentos. O resultado é publicado no Diário Oficial.

Neste caso, os postos de combustível terão suas inscrições cassadas porque o combustível coletado não estava de acordo com as especificações estabelecidas pela Agência Nacional do Petróleo (ANP), informou a Secretaria da Fazenda. O trabalho foi realizado pela equipe da Delegacia Regional Tributária do ABCD (DRT-12).

Em todo o Estado de São Paulo, já foram cassadas as inscrições estaduais de 929 postos, desde o início da operação De Olho na Bomba, em 2005.

Mais conteúdo sobre:
postos combustível adulterado SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.