Operação contra pirataria fecha shopping na Paulista

Ação no Boulevard Monti Mare apreendeu produtos falsificados de marcas como Louis Vuitton e Ray Ban

Fabiana Marchezi, da Central de Notícias

10 de junho de 2010 | 14h18

SÃO PAULO - Uma ação movida pelo Grupo de Proteção à Marca (GPM) contra a pirataria fechou na manhã desta quinta-feira, 10, o Shopping Boulevard Monti Mare, localizado na Avenida Paulista, no centro de São Paulo. A ação apreendeu produtos falsificados das marcas Casio, Oakley, Louis Vuitton, Ray Ban, Arnette, Chanel e Nokia.

 

A ação começou às 7 horas e durou cerca de seis horas. Ao menos 45 das 200 lojas do shopping foram fiscalizadas. De acordo com a advogada Márcia Ortiz do Amaral, representante das marcas, foram apreendidos diversas bolsas, relógios, malas, carteiras, perfumes, celulares e óculos. A quantia está sendo calculada.

 

Cerca de 30 policiais militares do 11º BPM da 1ª Cia apoiaram a ação judicial movida pelo GPM e protocolada em favor dessas empresas. Outras 40 pessoas entre oficiais de Justiça, advogados, chaveiros e ajudantes estiveram no local.

 

Ainda segundo a advogada, o mandado de busca e apreensão foi expedido pelo juiz da 1º Vara Cível do Fórum Regional do Ipiranga.

Tudo o que sabemos sobre:
Paulista

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.