Divulgação
Divulgação

Operação apreende 42 mil produtos falsificados na Galeria Pagé, em SP

Mercadorias estavam em 15 das 148 lojas que funcionam no estabelecimento

estadão.com.br,

14 de fevereiro de 2012 | 21h52

SÃO PAULO - Operação feita pela Secretaria Municipal de Segurança Urbana apreendeu 42 mil produtos irregulares nesta segunda-feira, 13, na Galeria Pagé, na região Central da cidade de São Paulo.

Os produtos ilegais forame encontrados em 15 lojas. Foram apreendidos mercadorias piratas, de origem duvidosa e ilegais, predominando celulares, relógios, acessórios de informática e eletrônicos.

O estabelecimento foi fiscalizado em abril de 2011 numa grande operação, na qual foram constatadas que 148 lojas comercializavam produtos ilegais. Um milhão de produtos falsificados e de origem duvidosa foram apreendidos.

Balanço. Foram apreendidos na cidade de São Paulo, entre dezembro de 2010 a dezembro de 2011, 37 milhões de produtos ilegais, avaliados em R$ 2 bilhões, em 66 operações integradas com organismos federais, estaduais e municipais.

Além disso, foram apreendidos nas ruas da cidade mais 20 milhões de produtos ilegais, incluindo produtos falsificados, numa ação que envolveu as Subprefeituras, a GCM e a Operação Delegada. Mais de 150 estrangeiros foram detidos por estarem sem documentação regular e notificados pela Policia Federal a deixar o País.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.