/AE
/AE

Opções de lazer para o feriado em SP

Veja o que abre e o que fecha nesta quarta-feira, 1, e as alternativas para quem fica na capital

Breno Pires - O Estado de S. Paulo - Atualizado às 8h40 do dia 01.05.2013,

30 de abril de 2013 | 16h13

SÃO PAULO - Encravado no meio da semana, o 1º de Maio neste ano não permite feriadão e, portanto, não facilitará a vida de quem pensa em pegar estrada. Na procura por lazer, a melhor opção pode ser aproveitar um parque, um museu ou algum outro equipamento cultural. Os principais museus da cidade estão abertos nesta quarta-feira, 1.

Com previsão de tempo ensolarado, também são atrativas as ciclofaixas de lazer, que estarão ativadas como nos domingos, das 7h às 16h. No entanto, a rota da zona norte estará fechada, excepcionalmente, no trecho entre a Rua Doutor Zuquim e a Avenida Brás Leme, por causa do evento "1º de Maio da Força Sindical".

O transporte público terá uma atenção especial exatamente porque a Festa do Trabalhador deverá atrair bastante movimentação pela cidade. Mesmo com redução de frotas, neste 1º de Maio haverá mais linhas de ônibus disponíveis e viagens adicionais no metrô do que em outros feriados.

Alguns serviços mantêm funcionamento, outros param nesta quarta-feira. Saiba o que abre e o que fecha neste dia:

Shoppings - Os shoppings devem ter horário de funcionamento igual ao dos domingos, segundo a associação de lojistas do setor (Alshop). As lojas funcionam das 14h às 20h, e a praça de alimentação, das 11h às 23h. No entanto, é possível haver variações.

Bancos - Os bancos fecham em todo o País, mas os caixas eletrônicos seguem abertos. Como é feriado, os pagamentos que costumam ser feitos no dia 1º podem ser feitos sem prejuízo no dia 2, por ser o primeiro dia útil do mês. Os usuários podem utilizar canais alternativos para pagamento de conta, como caixas eletrônicos e Internet Banking. Também é possível sacar em caixas eletrônicos.

Correios - A agência de Correios do Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, atenderá em regime de plantão, das 9h às 17h. As demais agências ficarão fechadas.

Poupatempo - Os postos do Poupatempo não abrirão. O teleatendimento pelo Disque Poupatempo (0800-7723633) também estará suspenso. Os serviços retornam no dia 2.

CEUs - Os Centros Educacionais Unificados (CEUs) abrirão apenas para atividades culturais e de lazer. As aulas serão reiniciadas na quinta-feira (2).

Museus - Os principais museus estarão abertos. O Masp, por exemplo, recebe visitantes das 10h às 18h, com bilheteria aberta até as 17h30; os ingressos custam R$ 15 (inteira) e R$ 7 (meia). Estarão abertos os museus mantidos pela Secretaria de Estado da Cultura na capital, como o Museu do Futebol, a Pinacoteca, o Museu da Língua Portuguesa e o Museu Afro Brasil, entre outros - apenas a Casa das Rosas estará fechada. Há também duas opções de museu fora da capital que abrem normalmente: o Museu Índia Vanuíre, em Tupã, das 8h às 18h, e o Museu do Café, em Santos, das 9h às 17h.

Entre os produtos culturais oferecidos pela prefeitura, funcionarão das 9h às 17h: Capela do Morumbi, Beco do Pinto, CSA da Imagem (antiga Casa nº 1), Casa do Grito, Casa Modernista, Casa do Sertanista, Casa do Tatuapé, Sítio da Ressaca, Sítio Morrinhos e Solar da Marquesa de Santos e Monumento à Independência (Capela Imperial). Funcionamento das 10h às 18h: Centro Cultural São Paulo e Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso. Também abrem: Galeria Olido, Pavilhão das Culturas Brasileiras e os Ônibus Bibliotecas (horário não informado pela prefeitura).

Teatros e bibliotecas municipais: não abrirão. Porém a Biblioteca de São Paulo e o Teatro Sérgio Cardoso (Sala Paschoal Carlos Magno), mantidos pelo Estado, abrem.

Parques - A Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente diz que todos os parques públicos municipais vão funcionar normalmente. Confira a lista: http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/meio_ambiente/parques/programacao/index.php?p=144010

Mercados municipais e feiras de rua - O Mercadão ficará fechado no feriado, assim como outros seis mercados: Paulistano (Central), Kinjo Yamato, Lapa, Pinheiros, Santo Amaro e São Miguel. Os demais mercados municipais atenderão nos seguintes horários: Central Leste e Vila Formosa, das 7 às 13h; Pirituba, das 7 às 14h; Ipiranga, Penha, Sapopemba, Tucuruvi e Teotônio Vilela, das 8 às 13h; e Guaianases, das 8h30 às 13h.

Sacolões - Os sacolões funcionarão nos seguintes horários: Jaguaré, das 6h30 às 13h; Brigadeiro, Butantã, Jaraguá, City Jaraguá e João Moura, das 7 às 13h; Bela Vista e Rio Pequeno, das 7 às 14h; Avanhandava e Piraporinha, das 7 às 14h30; Estrada do Sabão, Freguesia do Ó, das 7 às 15h; COHAB Adventista, das 7 às 17h: Lapa, das 8 às 13h; e Cidade Tiradentes, das 8 às 15h. Apenas dois sacolões não vão abrir: Santo Amaro e São Miguel. As feiras livres funcionarão nos locais e horários habituais.

Ônibus - Segundo a SPTrans, a frota de ônibus que circulará pela cidade será reduzida em 50%. Os postos de atendimento isolados estarão fechados, mas os postos de atendimento nos 28 terminais da cidade funcionarão normalmente. A SPTrans informa ainda que 16 linhas terão itinerário alterado devido à Festa do Trabalhador.

CPTM - Haverá interdições nas Linha 7-Rubi (Luz-Jundiaí) e Linha 12-Safira (Brás-Calmon Viana). O Plano de Atendimento entre Empresas de Transporte em Situação de Emergência (Paese) será acionado para atender aos usuários.

Metrô - O funcionamento será em horário normal neste 1º de maio, das 4h40 à 0h, nas linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e 4-Amarela, e das 4h40 à 0h10 na Linha 5-Lilás. Foi preparada uma operação para facilitar o deslocamento para os eventos comemorativos ao Dia do Trabalho que acontecem na cidade. A frota em atividade será equivalente à utilizada de um domingo normal, mas com reforço no número de viagens nas Linhas 1- Azul (Jabaquara-Tucuruvi), com 68 viagens adicionais, e 3- Vermelha (Corinthians/Itaquera- Palmeiras/Barra Funda), com 84 viagens a mais.

Saúde - A Prefeitura informa que os hospitais, prontos-socorros e os serviços de Assistência Médica Ambulatorial (AMA) funcionarão em horário normal. Assim, as AMAs tradicionais abrem das 7 às 19 horas, com o detalhe que haverá vacinação contra a gripe das 8h às 18h nas 94 AMAS acopladas às UBS. As AMAs que funcionam 24 horas abrem todos os dias, sem interrupções. As AMAs Especialidades ficarão fechadas durante o feriado e o atendimento volta no dia 2. O mesmo vale para as Unidades Básicas de Saúde (UBS) e os Ambulatórios de Especialidades.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.