Estadão
Estadão

Ônibus vão parar por duas horas em ato em SP nesta quarta

Motoristas e cobradores aprovaram ato, que ocorre entre as 10h e o meio-dia em terminais; trabalhadores pedem reajuste salarial

Bruno Ribeiro, O Estado de S.Paulo

17 Maio 2016 | 20h03

Motoristas e cobradores do transporte público municipal de São Paulo vão paralisar as atividades por duas horas, das 10 horas ao meio-dia, desta quarta-feira, 18. A decisão foi tomada nesta terça-feira, 17, e deve afetar o serviço em todas as regiões da capital. Os veículos devem ficar parados em terminais e corredores durante o período do ato. 

O movimento liderado pelo Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores do Transporte Rodoviário Urbano de São Paulo (Sindmotoristas) pede reajuste salarial para reposição da inflação baseado no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) mais 5% de aumento real.

O Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de São Paulo (SPUrbanuss) está oferecendo 2,31%. Os empregados também protestam contra o corte de cargos de cobradores em uma parte da frota.

Mais conteúdo sobre:
São PauloINPC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.