Renato Silvestre
Renato Silvestre

Ônibus fica ilhado por causa das chuvas em Osasco

Sete pontos de alagamento foram registrados no município da região metropolitana de São Paulo

O Estado de S. Paulo

22 de janeiro de 2014 | 19h56

Atualizada às 22h56   SÃO PAULO - As chuvas da tarde desta quarta-feira, 22, deixaram pessoas ilhadas na região metropolitana de São Paulo. O Corpo de Bombeiros informou, às 19h45, que a corporação atendia cinco ocorrências de pessoas ilhadas e quedas de árvores em Suzano, Itaquaquecetuba, Cotia, Osasco e Rio Pequeno.

Um ônibus teria ficado parado por causa das chuvas na Rua da Estação, 102, no bairro de Bonfim, em Osasco. Uma viatura e botes do Corpo de Bombeiros foram para o local, mas as vítimas conseguiram sair do veículo sem ajuda. Sete pontos de alagamentos foram registrados em Osasco, sendo dois na zona norte e cinco na zona sul da cidade.

As avenidas Bussocaba, Fuad Auda, Inês Colino, Autonomistas e Hirante Sanazar tiveram áreas de alagamento. Vias da região central de Osasco, nas proximidades do Largo de Osasco, também ficaram inundadas.

Capital. Na capital paulista, as chuvas causaram quatro pontos de alagamento - três deles intransitáveis: na Avenida Antônio Munhoz Bonilha, na zona norte, na Avenida Corifeu de Azevedo Marques, no Butantã, e na Avenida Queiroz Filho, na Lapa.

Mais conteúdo sobre:
chuvasônibusosasco

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.