Ônibus é incendiado na zona sul de São Paulo

É o segundo caso registrado nesta semana e retaliação à morte ocorrida no bairro teria motivado o crime; ninguém ficou ferido

05 de abril de 2013 | 07h42

SÃO PAULO - Um ônibus foi queimado na noite desta quinta-feira, 4, na Rua Alfredo Lorenz, no Capão Redondo, na zona sul. Existe a suspeita de o crime ter sido feito em retaliação a uma morte ocorrida no mesmo bairro durante a tarde.

Este foi o segundo caso de incêndio a ônibus em São Paulo nesta semana. Na noite desta terça-feira, uma ação semelhante aconteceu no Itaim Paulista, na zona leste, em retaliação à morte de um jovem em troca de tiros com a polícia.

Segundo informação do 47º Distrito Policial (Capão Redondo), o ônibus da Linha 7059-10 Parque do Engenho/Terminal Campo Limpo estava parado no terminal, e motorista e o cobrador estavam lanchando. Ao menos dois suspeitos invadiram o coletivo e atearam fogo pouco após as 22h. Ninguém se feriu. Os bandidos fugiram. Até agora ninguém foi preso.

Assim como no caso registrado terça-feira no Itaim Paulista, a polícia suspeita que a ação no Capão Redondo tenha sido feito em represália a uma operação policial no mesmo bairro em que uma pessoa teria sido morta na tarde desta quinta-feira.

Notícias relacionadas

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.