Ônibus com 25 alunos é atingido por tiroteio

Um ônibus escolar da prefeitura com 25 estudantes de 5.ª a 8.ª séries foi atingido por uma bala perdida na tarde de ontem durante tiroteio entre membros de duas gangues de Andradina, a 640 km de São Paulo. Ninguém se feriu.

CHICO SIQUEIRA, ESPECIAL PARA O ESTADO, ARAÇATUBA, O Estado de S.Paulo

27 Outubro 2011 | 09h29

O veículo foi atingido no lado direito do para-brisa dianteiro. O disparo aconteceu quando o ônibus estacionou na entrada de uma escola municipal de educação infantil na periferia.

"Desci para deixar um aluno na escola, quando cinco ou seis rapazes passaram de bicicleta trocando tiros", lembrou o motorista José Carlos de Andrade. "As crianças ficaram em pânico, correram e se esconderam embaixo dos bancos."

Acusados pelo tiroteio, Daivison William Pereira da Silva, de 20 anos, e Elvis Adriano Araújo Andrade, de 20, foram presos. O delegado Wanderlei Leão, do 2.º DP, onde a ocorrência foi registrada, não quis dar entrevista. A polícia não conseguiu apreender as armas usadas.

O confronto é mais um entre duas gangues do bairro Benfica e do conjunto Pereira Jordão, da periferia de Andradina. A rivalidade começou em 2008, com uma briga entre duas estudantes, mas hoje as gangues disputam pontos de venda de droga. Dez pessoas morreram nas brigas, duas sem relação com os grupos, e 20 ficaram feridas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.