Ônibus batem na Paulista e 4 ficam feridos

Uma batida entre dois ônibus na Avenida Paulista deixou quatro pessoas feridas, entre elas um bebê de seis meses. O acidente aconteceu ontem por volta das 11h30 e uma faixa da via, na região central de São Paulo, ficou fechada por mais de 3 horas.

GHEISA LESSA, O Estado de S.Paulo

10 de agosto de 2012 | 03h02

Os coletivos faziam as linhas Terminal Princesa Isabel-Aclimação e Terminal Campo Limpo-Aclimação. Os veículos colidiram na faixa preferencial de ônibus, entre a Rua Carlos Sampaio e Avenida Brigadeiro Luís Antônio.

Os guinchos para remoção dos veículos chegaram ao local às 14h50. A interdição obrigou os ônibus a trafegarem pelas faixas da esquerda e complicou o trânsito na região no início da tarde de ontem.

No meio da tarde, a Avenida Paulista registrava 1,8 quilômetro de congestionamento, da Rua Peixoto Gomide até a Praça Oswaldo Cruz. Na capital, a lentidão nas principaisvias, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), chegou a 48 km.

Socorro. Quatro viaturas do Corpo de Bombeiros foram acionadas para socorrer as vítimas, que tiveram ferimentos leves. Uma pessoa foi atendida por uma viatura do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Já o bebê de seis meses e uma outra pessoa não identificada foram socorridas no Hospital das Clínicas, na zona oeste da capital, e uma mulher de 37 anos foi levada para a Santa Casa, no centro.

O caso seria registrado no 5.º Distrito Policial.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.