Ocupantes de veículo fogem a pé após provocarem acidente na Avenida Paulista

Verona seguia no sentido Paraíso da Paulista e bateu contra a lateral de um táxi

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

22 de fevereiro de 2012 | 04h35

SÃO PAULO - Ocupantes de um Ford Verona fugiram, por volta das 2 horas desta madrugada de quarta-feira, 22, após não obedecerem ao semáforo no vermelho e colidirem contra um Voyage táxi no cruzamento entre a Alameda Joaquim Eugênio de Lima e a Avenida Paulista, região centro-sul de São Paulo.

 

O táxi cruzava a Avenida Paulista pela Alameda Joaquim Eugênio de Lima no sentido centro-bairro quando foi atingido na lateral pelo Verona, que seguia em direção ao bairro do Paraíso. Com o impacto, o táxi girou várias vezes e capotou, ficando com as rodas para o alto.

 

Equipes da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), dos Bombeiros e da Polícia Militar estiveram no local. O Voyage ficou destruído, mas o motorista, Jorge Cordeiro dos Santos, de 53 anos, saiu ileso.

 

Em razão do acidente, parte do cruzamento entre a Avenida Paulista e a Alameda Joaquim Eugênio de Lima até as 5 horas ainda estava interditada para o trabalho da Polícia Civil. Segundo a PM, o Verona não possui queixa de roubo.

 

Suspeita-se então que ou o motorista estivesse alcoolizado ou não tenha habilitação. Os ocupantes do Verona ainda não foram localizados. O caso foi registrado no 78º Distrito Policial, dos Jardins, onde os investigadores darão continuidade à apuração dos fatos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.