Obras do Rodoanel Norte devem começar depois do carnaval

Trecho estava prometido para 2011, mas série de questionamentos do processo de licitação atrasou a obra

Bruno Ribeiro,

15 Janeiro 2013 | 16h08

O estatal Desenvolvimento Rodoviário S/A (Dersa) publicou nesta terça-feira, 15, o resultado da licitação para a construção do Trecho Norte do Rodoanel Mário Covas. A obra deve começar depois do carnaval.

Grandes empreiteiras, com histórico de parcerias com o governo, como Mendes Júnior, OAS e Construcap, foram as vencedoras. A novidade foi grupo espanhol Acciona, que ficou com dois dos seis lotes da licitação (a OAS também levou dois). As propostas vencedoras somaram R$ 3,9 bilhões. O orçamento original para a obra era de R$ 6 bilhões.

O trecho norte do Rodoanel estava prometido para novembro de 2011. Mas uma série de questionamentos do processo de licitação na Justiça atrasaram a obra, somados a falhas encontradas pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) no processo licitatório. A promessa agora é que as pistas sejam abertas ao tráfego em janeiro de 2016.

Antes que as ordens de serviço para começo das obras sejam emitidas, a Dersa terá de dar prazo para que os 14 consórcios que também participaram da licitação possam recorrer do resultado.

O trecho norte é a última etapa do Rodoanel. Os trechos oeste e sul já funcionam e o leste está com as obras em andamento.

Notícias relacionadas
Mais conteúdo sobre:
Rodoanel

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.