Obras deixam 70 mil casas Guarujá sem água hoje

Obras no sistema devem aumentar em 43% a capacidade de armazenamento na cidade

Ricardo Valota, do estadao.com.br,

02 Dezembro 2008 | 06h49

Cerca de 70 mil casas sofrerão corte no fornecimento de água nesta terça-feira no Guarujá, litoral sul paulista, para que a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) dê continuidade às obras no sistema de abastecimento, o que deve aumentar em 43% a capacidade de armazenamento de água na cidade. Nesta etapa das obras, serão feitos serviços de interligação de adutoras no trevo de Vicente de Carvalho. Os trabalhos ocorrem entre 6h e 18h. O restabelecimento ocorrerá de forma gradual, segundo ainda a empresa. Os bairros em pontos mais altos e distantes dos reservatórios poderão ter o fornecimento de água restabelecido de forma mais lenta. A empresa também informou que deixará disponíveis caminhões-pipa para escolas, creches, hospitais e postos de saúde, e que os casos de emergência serão atendidos pela central de atendimento 195.

Mais conteúdo sobre:
abastecimentoáguaGuarujá

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.