Obra estoura cano e provoca explosão de gás

Um vazamento de gás causou uma explosão às 12h30 de ontem no cruzamento entre a Rua Conselheiro Brotero e a Avenida General Olímpio da Silveira, embaixo do Elevado Costa e Silva (Minhocão), na Barra Funda, zona oeste. Pedestres, moradores dos prédios vizinhos e funcionários do comércio da região correram para fugir da terra e de pedregulhos que voaram. Não houve feridos, segundo os bombeiros.

O Estado de S.Paulo

07 Novembro 2011 | 03h02

Ana Diniz, de 60 anos, moradora de um edifício na General Olímpio da Silveira, diz ter ouvido um barulho e visto pela janela viu uma grande nuvem. "Achei que fosse água, mas era o vazamento de gás. Saí correndo e abandonei meu apartamento. Fiquei muito assustada."

O acidente foi provocado por uma retroescavadeira de uma empresa contratada pela Sabesp que, acidentalmente, perfurou uma rede de gás, segundo a Companhia de Gás de São Paulo (Comgás), que enviou uma equipe ao local e anunciou o fim do vazamento após duas horas de trabalho. Técnicos da Comgás orientaram comerciantes a fecharem as portas durante a reparação do problema, o que ocorreu em dois postos de gasolina, restaurantes e bares vizinhos.

Com o vazamento eliminado, uma equipa da Comgás deve continuar trabalhando hoje no local para reparar danos na rede subterrânea que fornece gás. A assessoria da Sabesp informou que apura o caso. / TATIANA PIVA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.