Obra em condomínio desaba e dois homens morrem soterrados em Bauru

Equipes do Corpo de Bombeiros foram mobilizadas para auxiliar no resgate; corpos foram retirados no início da noite

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

11 Fevereiro 2018 | 14h50

SOROCABA - Dois operários morreram soterrados quando trabalhavam na obra de um condomínio, na tarde deste sábado, 10, em Bauru, interior de São Paulo. Os trabalhadores, de 32 e 41 anos, respectivamente, estavam numa vala aberta para a construção de um sistema de reúso de água quando o barranco desabou. Eles estavam a seis metros de profundidade e tiveram os corpos cobertos por uma grande massa de terra.

Equipes do Corpo de Bombeiros foram mobilizadas para auxiliar no resgate, feito com a ajuda de uma máquina retroescavadeira. Os corpos foram retirados no início da noite.

+Criminosos explodem bancos e roubam R$ 400 mil no interior de SP

A obra, um condomínio de apartamentos no Jardim Ferraz, está a cargo da empresa Bild Desenvolvimento Imobiliário, que mantinha 22 trabalhadores no local. As vítimas eram funcionárias de uma terceirizada, especializada em escavação de terra. Em nota, a Bild informou que todos os protocolos de segurança eram observados e acompanhados por um técnico.

+Quadrilha explode agência e troca tiros com a polícia em Miguelópolis

A empresa informou que presta apoio às famílias das vítimas e prepara um laudo técnico sobre as condições do canteiro de obra no momento do acidente. De acordo com a prefeitura, a construtora tinha as licenças para a construção, mas será aberta uma sindicância para apurar o acidente. As mortes dos operários também serão apuradas em inquérito pela Polícia Civil.

Mais conteúdo sobre:
Bauru [SP] Corpo de Bombeiros

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.