Obra do Metrô causa corte de água para 285 mil no sábado

Zona sul da capital e São Caetano serão afetados; abastecimento se normaliza na manhã de domingo

Ricardo Valota, da Central de Notícias,

17 de julho de 2009 | 08h44

A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) vai interromper o abastecimento de água no município de São Caetano do Sul, no ABC, e em alguns bairros da zona sul do município de São Paulo, no sábado, 18. A interrupção ocorrerá das 0h30 às 22 horas.

 

O abastecimento será restabelecido gradualmente, com normalização total prevista para às 7 horas de domingo, 19. Serão afetados cerca de 285 mil moradores, sendo 145 mil em São Caetano e 140 mil em São Paulo. A Sabesp recomenda o uso racional da água armazenada nas caixas residenciais. Os casos de emergência serão atendidos pela Central de Atendimento 195, que funciona 24 horas. A ligação é gratuita.

 

Na zona sul da capital, os bairros afetados são: São João Clímaco, vilas Cristália, Arapuã, Heliópolis, Carioca, Independência, Moinho Velho, Vera, Bandeirantes, Cidade do Pinhal, Marte, Anchieta, Sacomã, Parque Fongaro, jardins Santa Cruz, Patente Novo, Maria Estela, além das favelas Heliópolis e São João Clímaco.

 

Obras

 

o corte na distribuição de água será necessário para que a Companhia do Metropolitano (Metrô) possa dar continuidade às obras do pátio de estacionamento e oficinas de trens Tamanduateí, da estação Tamanduateí, inseridas no programa de expansão da Linha 2 (Verde). Será feita a interligação da adutora Cadiriri/São Caetano do Sul, que precisou ser assentada em outro local para a construção do pátio. Após entrar em operação, prevista para 2010, a Linha 2 (Verde) atenderá a 850 mil pessoas por dia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.