Obra da Sabesp atrasa e 1,2 milhão de pessoas seguem sem água em SP

Companhia previa que abastecimento fosse restabelecido nesta terça-feira, 12; agora, afirmou que voltará na tarde desta quarta, 13

O Estado de S. Paulo

13 Agosto 2014 | 09h49

SÃO PAULO - A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) informou na manhã desta quarta-feira, 13, que o abastecimento de água de 1,2 milhão de moradores da zona sul de São Paulo continuará interrompido por causa do atraso das obras de remanejamento de uma adutora de grande porte, que atende às regiões do Jardim Ângela e do Jardim São Luís. 

Nesta terça-feira, 12, a Sabesp previa que os trabalhos na altura do número 5.000 da Estrada de Itapecerica fossem concluídos até a última noite. Agora, a companhia afirmou que o fornecimento de água será retomado a partir do fim da tarde desta quarta-feira, "gradativamente, com previsão de normalização na madrugada desta quinta-feira, 14".

Segundo a companhia, a alteração na tubulação foi solicitada pela Prefeitura durante o trabalho de reurbanização da região do Córrego Ponte Baixa. A Sabesp pede que os moradores evitem o desperdício e usem de forma racional o volume de suas caixas d'água. Os casos de emergência serão atendidos pela Central de Atendimento 195, que funciona 24 horas por dia, sete dias por semana. A ligação é gratuita. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.