'O suor pingava do teto'

Os usuários da Linha 3-Vermelha entraram em pânico com a longa espera pela partida do trem, que ficou parado no túnel, na hora de pico. De acordo com Juliana Tersi, passageira ouvida pela Rádio Estadão, a superlotação fez com que os passageiros passassem mal.

O Estado de S.Paulo

05 Fevereiro 2014 | 02h01

"Passaram alguns trens muito cheios, não tinha condições de entrar, era entrar para passar mal. Eu embarquei no último, que tinha um microespaço, não aguentava ficar lá. Ele parou entre as estações e ficou lá por dez minutos. Muita gente atrás de mim estava passando mal", contou.

Segundo Juliana, os passageiros ficaram desesperados e começaram a apertar o botão de emergência que abre a porta da composição. "A gente viu uma menina passando (pelo túnel) e todo o mundo começou a fazer igual. No começo, a maioria falou para não mexer porque ia piorar a situação. Mas ninguém (do Metrô) falava nada, todo mundo tinha esquecido que a gente estava lá dentro. O suor estava pingando do teto, as pessoas começaram a ficar desesperadas. Algumas ficaram dentro do trem, outra saíram. Eu saí porque ia acabar passando mal."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.