O Sol por testemunha!

Giratória

TUTTY HUMOR, O Estado de S.Paulo

27 de fevereiro de 2013 | 02h03

Ciro Gomes saiu da toca atirando para todos os lados! Não à toa, todo presidenciável o quer junto!

Desembaraço

A queda na taxa de desemprego e os sinais de recuperação da produção industrial brasileira em janeiro deram, de imediato, uma acalmada no cabelo de Miriam Leitão na bancada do telejornal Bom Dia Brasil, da Rede Globo. O penteado da jornalista é, como se sabe, o indicador econômico mais confiável da atualidade.

Primo rico

Nos quatro meses de licença da atividade parlamentar que vai tirar a partir de março, José Sarney deixará de receber R$ 106 mil de salário. Dá quase um ano e meio da aposentadoria do papa Bento XVI, estimada em R$ 6.500,00 por mês.

Esclarecimento

Hugo Chávez não está "empacotando", como chegaram a dizer por aí! A confusão deu-se por causa da informação de que ele estaria cuidando pessoalmente de um pacote de medidas econômicas na Venezuela. Ah, bom!

Impasse humorístico

A Itália segue ingovernável, liderada por um comediante falastrão (Beppe Grillo), uma piada pronta (Silvio Berlusconi) e outros dois políticos sem graça nenhuma (Pier Luigi Bersani e Mario Monti).

Portões fechados

Fechar os portões do estádio aos torcedores do Corinthians talvez não baste para garantir a tranquilidade na região do Pacaembu! O ideal, talvez, seria trancá-los em casa durante o jogo.

O verão, definitivamente, saiu de moda! Houve um tempo em que, a esta altura da tempestade solar, já dava para antever a retrospectiva que a imprensa faria logo adiante para anunciar o fim da estação.

A musa, a gíria, o tamanho da saia, o drinque de frutas, o point, o hit musical, o escândalo, o melhor sorvete, a tatuagem, a malhação da vez nas academias, a praia dos descolados, o 'in' e o 'out', o chique e o cafona, o que deu certo e o que deu errado, antigamente todo verão tinha marcas registradas.

O Rio, como se sabe, sempre foi a grande vitrine deste estado de espírito de tanga. Sediou, entre outros, o verão do fio dental, do topless, da lata, das Dunas da Gal, da Brigitte Bardot, do barrigão da Leila Diniz, do Gabeira com a calcinha do biquíni da prima, da pulseira quântica, do apito...

Em outras épocas, enfim, outras coisas além do calor davam o que falar sob o Sol de Ipanema.

Este ano, em particular, nem a passagem de Yoani Sánchez pelo calçadão mobilizou o balneário.

Sem chuvas há quase três semanas, e sem água da bica desde domingo, o carioca não está achando a menor graça na estação.

Não dá nem vontade de sair da

praia!

Bons modos

Se é mesmo verdade, como denuncia FHC, que Dilma Rousseff "cuspiu no prato em que comeu", francamente, a presidente devia dar bom exemplo ao pessoal do Fome Zero. Já pensou se a moda pega?

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.