Estadão
Estadão

O que fazer em Cerqueira César

Roteiro gastronômico variado e programação cultural movimentam o bairro dia e noite

O Estado de S. Paulo

27 de outubro de 2015 | 16h17

Cerqueira César é mais um dos bairros paulistanos nascidos a partir do loteamento de algumas propriedades no fim do século XIX e começo do século XX. O nome é uma homenagem a um vice-presidente de São Paulo, José Alves Cerqueira César, que ocupou o cargo de 1892 a 1896. Nesse ponto nobre da cidade, para viver e trabalhar, o preço metro quadrado supera os R$ 10 mil.

Pinheiros, Consolação, Bela Vista e Jardim Paulista avizinham-se de Cerqueira César, que inclui, ainda, alguns endereços no Baixo Augusta. O Cemitério do Araçá, o Hospital das Clínicas e o Instituto do Câncer de São Paulo também ficam no bairro.

Atendido principalmente pela estação Consolação do metrô, também se chega rapidinho ao bairro a partir de outras paradas, como Clínicas, Paulista e Trianon-Masp. O roteiro gastronômico variado, a programação cultural intensa e o comércio movimentam a região dia e noite.

Comes e bebes

Restaurantes: listar os restaurantes de Cerqueira César é um desafio, devido ao enorme risco de deixar nomes importantes. Uma relação básica, porém, não pode se esquivar de incluir os prestigiados D.O.M. (R. Barão de Capanema, 549), Fasano (R. Vitório Fasano, 88) e Gero (Rua Haddock Lobo, 1629). A partir daí, em ordem alfabética, lembramos ainda do Arábia (Rua Haddock Lobo, 1397 ); do espanhol Arola Vintetres (Alameda Santos, 1437) e sua linda vista; dos pescados do Amadeus (Rua Haddock Lobo, 807); do Capim Santo (Alameda Ministro Rocha Azevedo, 471) de Morena Leite; do churrasco da Fogo de Chão (Rua Augusta, 2077), do charme do Marakuthai (Al. Itu, 1618); da culinária italiana e da trilha sonora da Tappo Trattoria (R. da Consolação, 2967); da brasilidade do Tordesilhas (Alameda Tietê, 489). Entre outros. 

Há algumas boas cozinhas dentro de hotéis, como as do Emiliano (R. Oscar Freire, 384), do  Trebbiano (Al. Campinas, 266), no primeiro piso do L’Hotel Porto Bay, e do Tarsila (Alameda Santos, 1123), dentro do Intercontinental, que oferece menu executivo durante a semana. 

Doces e sanduíches: no quesito pequenos bocados, a variedade não é menor. Tem coxinha na Cristallo (R. Oscar Freire, 914); lanches da madrugada da padaria Bella Paulista (R. Haddock Lobo, 354) e hambúrgueres de respeito na Z-Deli Sandwich Shop (R. Haddock Lobo, 1386). M Manteigaria Lisboa (R. Padre João Manuel, 37), Genoveva Doçaria (Al. Itu, 1306) e Pâtisserie Douce France (Al. Jaú, 550/554) adoçam o paladar. 

Bares: o boteco charmoso Aconchego Carioca (Al. Jaú, 1372) e o pub O’Malleys (Al. Itu, 1529) puxam a fila da noite em Cerqueira César, seguidos, entre outros, pelos extremos The View (no trigésimo andar do Transamérica, Al. Santos, 981) e Partisans, que fica em um subsolo no número 944 da Cônego Eugênio Leite. O Ilhabela (Al. Campinas, 672) tem cardápio de petiscos típicos da culinária alemã. A charutaria Espaço Quai d’Orsay (R. Haddock Lobo, 932) combina drinques clássicos, charutos e ambiente intimista. 

Uma esticada até o Baixo Augusta, sentido Consolação, leva a sugestões descoladas, a exemplo de Astronete (R. Augusta, 335), Igrejinha (R. Fernando de Albuquerque, 302), The Pub (R. Augusta, 580) e Tubaína (R. Haddock Lobo, 74).

Compras

Além da Oscar Freire, polo de marcas de luxo, destaca-se a Galeria Ouro Fino (R. Augusta, 2690), que funciona de segunda a sábado, das 9h às 20h, que percorre a moda sem se limitar ao mainstream. Perto, há outras referências de consumo, como Conjunto Nacional, endereço da Livraria Cultura, e o Shopping Frei Caneca. 

Passeios culturais e ao ar livre

Centro Cultural FIESP - Ruth Cardoso (Av. Paulista, 1313): o prédio, um dos mais emblemáticos da Avenida Paulista, foi criado pelo modernista Paulo Mendes da Rocha. Dentro, funcionam a Galeria de Arte do Sesi-SP, o Teatro do Sesi - São Paulo e o Espaço Mezanino. 

Centro Histórico Cultural da Enfermagem Ibero-Americana (Av. Doutor Enéas Carvalho De Aguiar, 419): guarda importantes relíquias da história de medicina e da enfermagem do Brasil. Visitas só por agendamento. O telefone para mais informações é o 3061-7542.  

Espaço Itaú de Cinema (R. Augusta, 1475/1480, Consolação, e Shopping Frei Caneca): boas salas e programação que mescla lançamentos populares e de grande bilheteria com o circuito alternativo.

Museu de Arte de São Paulo (Masp) (Av. Paulista, 1578): é o museu mais importante da América Latina e costuma receber algumas das exposições mais concorridas da cidade. O acervo de 8 000 peças vai de 4 a.C. aos dias atuais e tem obras de artistas como Botticelli, Van Gogh, Matisse, Picasso, Cândido Portinari e Di Cavalcanti.

Parque Mario Covas (Av. Paulista, 1853): localizado no jardim da antiga Vila Fortunato, residência de propriedade da família Thiollier, demolida em 1972. Apresenta várias espécies de flora como figueira-da-índia, figueira-mata-pau, grumixama, mangueira.


Tudo o que sabemos sobre:
BairrosSPCerqueira César

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.