O que abre e o que fecha no feriado da Consciência Negra

Rodízio está suspenso na quinta-feira e ônibus rodam com 50% da frota; confira a mudança nos serviços

Da Redação,

18 de novembro de 2008 | 21h03

Com o feriado da Consciência Negra, na quinta-feira, 20, alguns serviços da capital paulista vão ter os horários alterados. Os bancos vão ficar fechados na quinta, mas funcionam na sexta. O rodízio de veículos está suspenso na quinta e, com isso, os carros com placas final 7 e 8 podem circular normalmente pelo centro expandido da cidade. Os ônibus operam com 50% da frota na quinta e com 90% da frota na sexta.   Confira o que abre e o que fecha na quinta-feira, dia 20   Transporte coletivo - na quinta, dia 20, os ônibus funcionam com 50% da frota. Na sexta-feira, dia 21, os ônibus funcionam com 90% da frota;   Rodízio de veículos - o rodízio de veículos será suspenso na quinta, com isso, carros com placas final 7 e 8 podem circular normalmente pelo centro expandido da cidade. O rodízio volta na sexta-feira, 21, quando os carros com placas final 9 e 0 não podem circular no centro expandido das 7h às 10h e das 17h às 20h;   Bancos - os bancos vão ficar fechados nas cidades onde é feriado. As contas podem ser pagas no dia 21 de novembro sem incidência de multa, segundo a Federação Brasileira dos Bancos (Febraban). Os pagamentos também podem ser feitos em centrais de auto-atendimento ou pela internet;   Poupatempo - os postos da capital, Guarulhos, Campinas, Ribeirão Preto, Santos e as Unidades Móveis não vão funcionar no feriado. O Disque Poupatempo (0800-772 36 33) atende normalmente;   Detran e Procon - os serviços ficam fechados;   Subprefeituras - as praças de atendimento das subprefeituras vão fechar na quinta-feira, 20, e só voltam a funcionar na segunda-feira, 24;   Correios - as agências de São Paulo, Santo André, Diadema, Guarulhos, Embu, Franco da Rocha, São Vicente, entrou outras, vão ficar fechadas. A agência do Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, funciona normalmente, das 7h30 às 22h30;   Assistência Social - os serviços de emergência e acolhida funcionam 24 horas por dia, sem interrupção. Os serviços de Centro de Referência de Cidadania do Idoso vai abrir no dia 21;   Abastecimento - Na quinta, abrem normalmente os mercados: central, central Leste, Lapa, Penha e Santo Amaro. Os mercados de Guaianases, Ipiranga, São Miguel, Sapopemba e Tucuruvi vão ficar abertos até às 13 horas; o Kinjo Yamato fecha às 14 horas; o de Pirituba fecha só às 21 horas. Os mercados de Pinheiros e Vila Formosa vai ficar fechado.   Na sexta, dia 21, ficam abertos os mercados: central, Pinheiros e central leste, que funcionam até às 18 horas. Os mercados do Ipiranga, Lapa, Penha, Santo Amaro, São Miguel, Sapopemba, Tucuruvi e Vila Formosa fecham às 19 horas; o mercado de Guaianases fecha às 19h30 e o Kinjo Yamato fica aberto até às 14h. Sacolões e feiras livres funcionam em locais e horários normais tanto na quinta quanto na sexta-feira;   Cultura - o Teatro Municipal fica fechado na quinta-feira, mas a bilheteria funciona nos dias 20 e 23 das 14h às 17h. Na sexta, dia 21, a bilheteria fica aberta das 10h às 19h e no dia 22, das 14h até o horário da apresentação.   Ficam abertos: Centro Cultural São Paulo, Centro Cultural da Juventude, Casa do Bandeirante, Casa do Grito, Casa Modernista, Casa do Tatuapé, Sítio da Ressaca, Sítio Morrinhos, Monumento à Independência (Capela Imperial) e Galeria Olido. Todas as bibliotecas ficam fechadas; Educação - As escolas estaduais não vão ter aula na quinta. As escolas e creches municipais ficam fechadas. Os Centros Educacionais Unificados (CEUs) abrem para atividades recreativas, culturais e esportivas; Esportes - os clubes das cidades abrem para atividades recreativas;   Saúde - os hospitais estaduais vão funcionar normalmente na quinta-feira. Os hospitais e prontos-socorros municipais funcionam em esquema de plantão. As Unidades Básicas de Saúde (UBS) fecham entre a quinta e o domingo. As Assistências Médicas Ambulatoriais (AMAs) funcionam das 7h às 19h, mas fecham no domingo;   Trabalho - os postos do Centro de Apoio ao Trabalho vão ficar fechados.   Texto ampliado às 12h21 para acréscimo de informações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.