''O povão adora correr a São Silvestre''

Alexandre Minardi, técnico da equipe de atletismo do Cruzeiro

Rodrigo Burgarelli, O Estado de S.Paulo

02 Janeiro 2011 | 00h00

Depois de correr 20 vezes a prova de rua mais importante do País, o mineiro Alexandre Minardi, de 59 anos, esteve à frente da equipe de atletismo do Cruzeiro na 86.ª edição da Corrida de São Silvestre, que tradicionalmente é disputada pelas vias da capital paulista. Ele esteve em São Paulo pela primeira vez aos 19 anos, e acha que o percurso da corrida é perfeito para o "povão" - os competidores não profissionais que fazem a prova por diversão, e não para competir.

Cenário. "Entre uma corrida de pista e uma corrida como a de São Silvestre, que passa pelos principais pontos turísticos de São Paulo, fico com a segunda. É bem mais agradável para o povão que faz a festa. O atleta de elite fica concentrado, só pensando na performance. Eu sempre fui povão e a gente ia correndo, observando os pontos turísticos... O cansaço nem aparece."

Passado. "São Paulo antes era uma cidade bem mais gostosa de passear ou de morar. Eu passava muito por aqui porque tinha uma irmã que morava em Santos. Naquela época, não era tanta agitação como é agora. Hoje é uma cidade muito poluída, muito suja."

Paulista. "Estou ficando em um hotel no Morumbi, que é bem chique, mas preferiria ter ficado em um lugar mais barato, perto do Masp, que é onde eu mais gosto na cidade."

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.