Divulgação
Divulgação

O paraíso da cerveja e do chocolate

Fábricas da Brahma e da Lacta perfumavam a vizinhança das ruas Vergueiro e José Antônio Coelho

O Estado de S. Paulo

15 de setembro de 2015 | 10h14

Nasceu no Paraíso em 1912 a fábrica de chocolates Lacta, que agora tem sede em Curitiba e faz parte do portfólio de marcas da Mondelez (antiga Kraft Foods). O galpão da rua José Antônio Coelho pegou fogo em 1925. Outra indústria que faz parte da história do Paraíso é a cervejaria Brahma (Guanabara, antes de ser comprada pela marca, entre as décadas de 20 e 30). O prédio imponente ficava em um terreno que pegava parte da Vergueiro, da Tubinambás e da Apeninos. Funcionou até os anos 1980 e foi demolido na década de 90. Veja outras curiosidades sobre a região.

1.Reclame

Em 1918, o chocolate nacional estava em alta e a Lacta ousava nos reclames comerciais. Um deles dizia algo que hoje dificilmente seria perdoado: “as crianças são vadias, mas se comportam bem quando se oferece a elas um chocolate”. A Lacta foi criada por um cônsul suíço, mas chegou a pertencer também a Assis Chateaubriand e Ademar de Barros.

2.O Paraíso era largo

O antigo largo do Paraíso, hoje chamado de Praça Oswaldo Cruz, é o marco inicial do bairro e provável responsável pelo seu nome.

 

3.Autoestrada

As avenidas Brigadeiro Luís Antônio e Santo Amaro, muito antes de receberem esses nomes, formavam juntas a “autoestrada” que levava ao município de Santo Amaro. Autônomo, ele só seria incorporado à São Paulo, como bairro, em 1935.

4.Mansão cultural

A Casa das Rosas (Av. Paulista, 37) é um dos mais importantes centros culturais da cidade. A construção ficou pronta em 1935 e até meados da década de 80 serviu de residência a família do arquiteto Ramos de Azevedo, que a projetou. A mansão de estilo clássico francês tinha trinta cômodos, edícula, jardins, quadra e pomar.

5.Loja de departamentos

Em 1949, começou a funcionar no endereço hoje ocupado pelo Shopping Paulista uma unidade da rede americana Sears, Roebruck & Co., que vendia moda feminina, eletrodomésticos, móveis e outros produtos para casa. Até o início da década de 80, a Sears liderou e revolucionou o mercado nacional de lojas de departamento.

6.Hospitais

Junto com os hospitais Santa Catarina, Alemão Oswaldo Cruz e Beneficência Portuguesa, o Hospital do Coração faz do Paraíso um bairro de referência na cidade em termos de atendimento hospitalar público (SUS) e particular.

7.As crianças órfãs e o coração

Fundado em 1976, porém, sua história é bem anterior e tem a ver com a presença árabe na região. Ela começou a ser escrita em 1918, quando senhoras da comunidade formaram a Associação do Sanatório Sírio, a fim de cuidar das crianças órfãs da Primeira Guerra Mundial. Em 1947, a associação já se dedicava ao tratamento de tuberculose e se convertia no Sanatório Sírio de Campos de Jordão, no Vale do Paraíba. O primeiro paciente do Hospital do Coração em São Paulo foi atendido em 1976.

Mais conteúdo sobre:
bairrosspparaísocuriosidades

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.