O homem da casa

Ressaca verde

TUTTY HUMOR, O Estado de S.Paulo

26 de junho de 2012 | 03h03

A ministra Izabella Teixeira, do Meio Ambiente, vai precisar de uns dias de folga, coitada! Acabou a Rio+20 meio desconjuntada!

Meio careca

Que ninguém se iluda: é falso o topete-pastinha do novo presidente do Paraguai, Federico Franco. A aerodinâmica da franja projetada a partir da têmpora direita não deixa dúvidas!

Só pensa naquilo!

Que diabos Soninha Francine quis dizer com "Fernando Haddad tem que comer muito feijão com arroz pra chegar lá"? Ninguém precisa comer coisa nenhuma pra sentar na cadeira do Gilberto Kassab!

Educação esportiva

Para que não haja mais dúvidas sobre a importância do MMA na formação do caráter dos praticantes da modalidade, escuta só o que Anderson Silva anda dizendo sobre seu próximo adversário: "Esse cara é um marginal, um imbecil, vou arrancar todos os dentes da boca dele!"

Dois é demais

De Fernando Haddad, jogando uma pá de cal no boato de que o advogado Luiz Flávio Borges D'Urso será candidato a vice em sua chapa: "De amigo urso, já basta o Lula!"

Medida radical

Suspender o Paraguai do Mercosul não resolve o problema institucional do país. Castigo mais apropriado, no caso, seria uma eliminação da Copa de 2014!

Tchu tcha tcha (Serra já)

Está explicado o que João Lucas e Marcelo quiseram dizer com aquele "tchu tcha tcha" do hit da dupla: significa, segundo jingle da campanha dos tucanos em SP, "Serra já!"

Os empregados da mansão de Abílio Diniz em São Paulo marcaram para a noite desta terça-feira uma assembleia-geral da categoria na quadra de tênis da propriedade de 4.030 m² do Jardim América.

Vão discutir as consequências da saída do patrão do comando dos negócios do Grupo Pão de Açúcar, atividade que exerceu com dedicação exclusiva nos últimos 50 anos. Temem que, com o tempo livre decorrente, o empresário se transforme num controlador implacável do trabalho doméstico em sua residência cinematográfica.

"Homem em casa sem nada para fazer, já viu, né?" - comenta-se no boca a boca das dependências de serviço da área construída, onde ninguém conhece de perto - só de ouvir falar - o temperamento empreendedor e explosivo do chefe. Em casa, ele sempre foi um doce de pessoa!

É aí, acredita a criadagem, que mora o perigo: sem ter mais em quem mandar no supermercado, Abílio pode transferir para a rotina pessoal toda a determinação, garra e disciplina que consagraram sua fama de profissional durão e inflexível.

Fenômeno parecido ocorreu com Pedro Bial num desses longos períodos de folga no BBB em que nem a namorada do apresentador aguentou ele em casa.

Moço bonito

Juliana Paes aproveitou a folga nas gravações de Gabriela para levar o marido a uma boate gay. Está cansada de ser o centro das atenções!

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.