O comando da PM perdeu o controle sobre a tropa?

Não Nunca tivemos controle tão grande das ações dos policiais como temos agora. Não só controle administrativo e disciplinar em todas as ações. Hoje temos o Procedimento Operacional Padrão (POP) para toda natureza de ocorrência. Temos acompanhamento das ocorrências de alto risco, de tiroteio. Um acompanhamento de lupa em todos os casos. As situações de resistência seguida de morte ocorrem porque temos marginais reagindo e atirando na polícia. Já foram mortos neste ano 50 policiais, 6 policiais são baleados por semana. Quem dá o tom da violência é o marginal.

O Estado de S.Paulo

27 Julho 2012 | 03h02

Sim Há um descontrole por parte dos oficiais da polícia de São Paulo. É um abandono de comando. E há uma cultura de faroeste por parte dos praças. As armas não letais, que são usadas para dispersar manifestações democráticas, deveriam ser usadas nos enfrentamentos contra os criminosos. E as armas letais deveriam ser menos utilizadas pelos policiais paulistas. Há uma omissão por parte da Polícia Militar para apurar os casos de resistência seguida de morte e há também uma omissão por parte do Ministério Público Estadual em investigar esses crimes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.