O bairro por dentro

Com o objetivo de entender melhor o bairro, o Sesc fez em 2009 uma pesquisa chamada Santo Amaro em Rede. O estudo confirmou que boa parte dos cerca de 1 milhão de habitantes da região que até 1935 era um município independente descende dos imigrantes que ocuparam a área a partir do século 16.

O Estado de S.Paulo

28 Outubro 2011 | 03h05

O levantamento constatou ainda que Santo Amaro é um lugar rico em cultura. Na região funcionam quatro universidades, oito faculdades, mais de 200 instituições de ensino médio e fundamental, dois conjuntos educacionais esportivos e uma dezena de espaços culturais. Moram e atuam ali, segundo a pesquisa, 52 coletivos de artistas e 33 artistas individuais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.