O ator mirim virou produtor de cinema

Samuel Costa ficou famoso aos 9 anos, em 1994, quando protagonizou o filme Menino Maluquinho. Paulistano da zona norte, o ator seguiu na carreira artística até a metade dos anos 2000 - atuou na continuação do longa, em 1997, em novelas e no quadro Retrato Falado, do Fantástico. Depois, decidiu mudar de vida.

O Estado de S.Paulo

01 Dezembro 2011 | 03h03

"Quando você tem 16, 17 anos, o que entende da vida é muito pouco", comenta. Cursou Publicidade na Universidade Mackenzie e foi trabalhar em uma agência.

A carreira de publicitário, entretanto, não durou muito. Em 2007, Costa encontrou o diretor de cinema Roberto Berliner e viu seu destino mudar novamente: encantou-se pelo trabalho atrás das câmeras, nos sets de filmagem. "Percebi que era isso que eu realmente gostava de fazer", conta.

Hoje, o ator-prodígio dos anos 90 é diretor da produtora Blues Filmes. "Foram três anos ralando, fazendo um trabalho impecável e correndo atrás de projetos", frisa. "Agora, nós começamos a colher os frutos que plantamos e a empresa está saudável." Costa não vive mais na zona norte; mudou-se para Santo Amaro, na zona sul, próximo do trabalho. "Vou para a produtora a pé ou de bicicleta", diz ele que, aos 26 anos, preserva o jeito espontâneo pelo qual ficou conhecido pelo público - mas agora do outro lado das câmeras.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.