O apagão de Natal!

'Sergipano, eu?'

TUTTY HUMOR, O Estado de S.Paulo

19 de dezembro de 2012 | 02h04

Só depois que desembarcou ontem em São Paulo, o campeão mundial Jorge Henrique se deu conta de que estava comemorando há três dias o título do Corinthians abraçado a uma bandeira de Sergipe que pegou de um torcedor no estádio de Yokohama achando que era do Brasil. Nascido em Resende (RJ) e revelado para o futebol no Recife, o jogador virou sergipano por distração.

Teste da farinha

Motorista que se recusar a passar pelo bafômetro em blitz da lei seca em São Paulo será examinado por perito em embriaguez. O pessoal da Polícia Científica garante: "Não dói nada!"

À moda da casa

O bate-boca entre os ministros Joaquim Barbosa e Marco Aurélio Mello sobre a conveniência do agradecimento público aos assistentes do relator fechou com chave de ouro o julgamento do mensalão. O STF fica sempre mais divertido quando suas sessões acabam em confusão!

Ninguém merece!

Após o desmaio de sábado provocado por desidratação, Hillary Clinton está despachando de casa nesta semana! Resultado: entre um assunto oficial e outro, a secretária de Estado dos EUA aproveitou ontem o tempo livre para pegar no pé do marido, coitado, que até hoje paga por erros do passado!

Com muito orgulho

Patrocinadora do Corinthians, a Caixa Econômica Federal vai adotar o slogan "aqui tem um banco de loucos". Isso quer dizer o seguinte: a oposição perderá para o marketing oficial um velho argumento de críticas à área econômica do governo.

Muito cuidado quando for ligar um interruptor às vésperas do Natal! A menos de uma semana da "noite feliz", convém desde já apagar ao menos uma lâmpada ou o ventilador quando quiser usar o liquidificador, o aspirador de pó ou o ar-condicionado. Ou vai acabar se sentindo culpado por apagar o Brasil na hora da ceia!

Pela precariedade do sistema elétrico nacional atestada em relatórios do próprio operador, o raio é um detalhe absolutamente dispensável para fechar um curto nas linhas de transmissão.

Uma dedada basta! Um clique a mais e você, que só queria acender o pisca-pisca da janela ou a iluminação do presépio, pode ir dormir com a sensação de que estragou o Natal de todo o País.

O mais provável é que ponham a culpa oficial em uma "descarga atmosférica" qualquer, mas vai convencer disso o sujeito que estiver com o dedo no interruptor no exato momento do grande apagão que se ensaia para as festas de fim de ano.

Não à toa, tem gente por aí reforçando a decoração de velas na mesa do peru temendo que o pior aconteça justo na noite da próxima segunda-feira! Só precisa tomar cuidado com o fogo nos laçarotes, né?!

Ideia fixa

Amigos de José de Abreu estão

preocupados com a verdadeira

obsessão do ator nos últimos dias

de querer ser mais amigo de José Dirceu que o próprio Fernando Morais. É grande a torcida para a Globo

chamá-lo logo de volta às novelas!

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.