O amor eterno custa até R$ 5 mil em São Paulo

O amor eterno custa até R$ 5 mil em São Paulo

Pagamento pode ser feito por depósito bancário e videntes recebem o nome do amado por e-mail; pressa por ''conquista'' interfere no valor cobrado pela oferenda e palavra do pai de santo é garantia

Rodrigo Brancatelli, O Estadao de S.Paulo

28 Março 2010 | 00h00

Aparentemente, tenho problemas de relacionamento. Não que eu precisasse de ajuda profissional para descobrir isso, vá lá, mas a cartomante Fernanda parecia realmente preocupada e aborrecida quando falou isso para mim na quarta-feira, na sala de um sobrado amarelo em Santana de Parnaíba, Região Metropolitana de São Paulo. "A carta diz que você precisa aprender a se comunicar melhor com a sua parceira, por isso vocês estão com dificuldades e, por isso, estão separados", explicou ela, podendo também assim explicar uma porção de relacionamentos que conheço por aí.

Ainda bem que Fernanda, além de apontar as causas com tanta clareza, também tem na manga a solução para todos esses meus problemas. Por R$ 1 mil, consigo meu amor de volta, "amarrado para sempre", em sete dias. Apenas sete dias corridos, nem úteis precisam ser - Fernanda parece tão segura de seus serviços que nem fins de semana e feriados bancários podem detê-la. "Também dá para conseguir o resultado em cinco ou em três dias, mas o preço é outro", diz ela, ainda com uma cara um tanto preocupada, como se estivesse contando um segredo. Isso mesmo, se eu ainda necessitar rapidamente do meu amor de volta, algo como um telegrama expresso ou um delivery realizado por um motoboy apressado, só preciso desembolsar a bobagenzinha de R$ 3 mil.

"E pode fazer depósitos na minha conta, em três parcelas." Fernanda me alivia. Nunca o amor verdadeiro pareceu tão fácil e rápido assim, em apenas três dias e suaves prestações, a ponto de ainda dar tempo de pegar a sessão das 16 horas do cinema neste domingo com a minha futura mulher.

Amarração. Nas "videntes da paixão", "tendas místicas" e "espíritas do amor" espalhadas pela cidade, esse é mais ou menos o preço que se paga pelo amor eterno. É até fácil entender - de fato, São Paulo não facilita as paixões: é uma cidade dura, barulhenta, caótica, muitíssimas vezes sem poesia, sem cor, sem alma. Se é complicado assim para os românticos, imagine então para os paulistanos com o coração despedaçado; aqueles que, a duras penas, até conseguiram encontrar os seus amores, mas perderam por razões tão diversas e tão difíceis de explicar neste parágrafo. Aí, há de se concordar, São Paulo consegue ser ainda mais cruel e amarga. Ainda bem que há um exército de pessoas com o poder das cartas, da magia branca e até mesmo da magia negra que atuam nesse nicho, oferecendo os serviços de "amarração definitiva" a todos com o coração machucado - e também com alguns reais na conta.

Na São Paulo pós-Cidade Limpa, as "videntes do amor" se tornaram ainda mais conhecidas e populares, uma vez que suas faixas e cartazes resistem bravamente nos postes da capital. Elas estão com seus banners na Avenida 23 de Maio, na Marginal do Pinheiros, em Moema, no Imirim, em Paraisópolis - onde há românticos, há uma vidente do amor, certeza. Na maioria das vezes, apesar de solucionarem problemas mundanos como dinheiro curto, falta de perspectivas no trabalho e uso exagerado de álcool, elas estão realmente ali para resolver a mais complicada das necessidades do homem - o amor verdadeiro.

"O amor não é assim fácil, e é aí que a gente pode te ajudar", diz Mônica, uma "espírita do amor" que trabalha na Liberdade. "Eu posso amarrar sua paixão para sempre, e só eu consigo desfazer esse encanto. A sua namorada nunca vai perceber que eu fiz isso, prometo."

"La garantia". Sempre com histórias fictícias sobre alguma desilusão amorosa, a reportagem visitou duas videntes do amor e ainda conversou por telefone com outros seis profissionais que oferecem os serviços em faixas e em anúncios pela internet. Não importa o quão difícil seja o caso, todos afirmaram que era, sim, possível remediar. A primeira consulta sai em média por R$ 35, mas absolutamente todos oferecem pacotes que podem chegar a R$ 5 mil para trazer o amor perdido de volta. O pagamento pode ser feito em dinheiro ou depósito bancário - em muitos casos, não é preciso nem conhecer a vidente; é só pagar e enviar pelo e-mail o nome da pessoa que ela faz o serviço, simples assim. E todos trabalham naquele velho método "la garantia soy yo".

"Consigo trazer seu amor de volta em 24 horas por R$ 3 mil", diz Ismael, pai de santo que tem o "maior portal esotérico da web", como ele gosta de frisar. "Você faz o depósito, manda o comprovante e me passa por e-mail seu nome e o da pessoa que você quer amarrar. Faço mais de cem trabalhos por dia. Se você não acredita, me fala logo que não vou ficar perdendo tempo." Ismael desligou antes mesmo de dar tempo de perguntar como ele trabalha em caso de homônimos.

Vida inteira. O público-alvo é realmente excepcional - pessoas em todos os lugares estão caindo de amores, saindo de amores ou sofrendo por amores. Até por isso há profissionais de todo tipo nesse mercado dos videntes; os aproveitadores, os charlatões e os que realmente acreditam no que estão fazendo.

"Obviamente tem gente por aí que quer extorquir dinheiro, como tem espertalhão em toda profissão", diz a mãe de santo Janaína, da Vila Mariana. "Faço trabalhos sérios, só cobro o material para fazer a oferenda à entidade. Não sacrifico bichos, só ofereço mel, flores, essas coisas. A amarração custa R$ 800 e dura a vida inteira. É realmente o amor eterno."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.