Número de mortos em acidente na Mooca sobe para 5

Uma sexta vítima continua internada e seu estado é considerado estável, segundo Secretaria de Saúde

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

06 de dezembro de 2007 | 03h24

Subiu para cinco o número de mortos em acidente ocorrido na quarta-feira, por volta das 5 horas, na altura do nº 1.135 da rua dos Trilhos, junto à rua Itaqueri, na Mooca, zona leste da capital paulista. Jefferson Porfírio Ferreira, de 21 anos, morreu no início da noite no Hospital do Tatuapé, onde estava internado. Uma sexta vítima, um rapaz de 23 anos, continua internado e seu estado é considerado estável, segundo a assessoria da Secretaria Municipal de Saúde. Ferreira era um dos seis ocupantes de um Peugeot azul que bateu contra um poste, arrancado com a força do impacto. O acidente provocou interdição da rua dos Trilhos por mais de duas horas e gerou caos no trânsito da região, além de prejudicar a circulação dos trólebus. Outras quatro pessoas já haviam morrido: Danilo Lourenço da Silva, de 18 anos, Jefferson de Souza, de 19, Jaqueline Ramajo Galbur e Renata Ramajo Galbur, cujas idades ainda não foram informadas. Todas eram grafiteiros.  Dentro do Peugeot, a polícia encontrou tinta e um álbum de fotos com grafites, além de uma garrafa de bebida alcoólica vazia. Chovia na hora do acidente. Segundo testemunhas, o carro estava em alta velocidade.

Tudo o que sabemos sobre:
São PauloacidenteMooca

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.